Um vício difícil de deixar

Ainda consigo ouvir sua voz dizendo que voltaria logo
Ainda consigo imaginar seu rosto enquanto estava por cima de mim
Enquanto nos amávamos
Ainda sinto seu perfume, vindo me visitar nos momentos de saudade
Ainda sinto arrepios quando imagino você tocando meu corpo
Te escrever é a forma que imaginei de ter você por perto
Nas histórias que encontro nos livros, eu imagino a nossa
Imagino nós dois pulando de página em página
Imagino eu lendo nossa história, enquanto você encontra abrigo em meu colo
Não sei se existe esse tal de amor verdadeiro, de alma gêmea, só sei que eu gostaria muito de descobrir isso com você
E você? Me diga.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: