Poema de boteco

Ouvi dizer que toda boa história começa em uma mesa de bar
Assim eu tentei escrever a nossa história, sentada em um boteco qualquer
Tentei lhe colocar em linhas, em palavras, poesias, tentei
Nunca pensei que fosse tão difícil escrever alguém
Apenas mais uma de amor nunca fez tanto sentido, como está fazendo nessas últimas horas
Observo cada rosto dentro desse bar, pela procura do teu
Nenhum tem um sorriso como o seu
Nenhum um perfume se compara ao teu
Nunca amarei alguém como eu te amo
Descobrir o que é amar, nos faz sofrer por qualquer coisa
Como diz Lulu Santos.: o que eu ganho e o que eu perco, ninguém precisa saber
Boteco já está fechando e as palavras já acabaram
Então, se cuida meu amor
Em alguma esquina a gente ainda vai voltar a se esbarrar
Se cuida

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: