Moça dos meus olhos
Do cheiro doce, misturado com nicotina
Moça do beijo bom, que canta enquanto me beija
Do sorriso meigo, da voz delicada
Moça que fez daquela noite, uma das melhores
Moça indecisa, confusa
Sentimento confuso e não recíproco
Moça que vai e volta
Que vai e nunca mais volta
Eu quis te transformar em palavras
Coisa de poeta ou de quem tenta ser
Eu tentei te eternizar nesse “poema”
E você continua me mantendo hipnotizada
E no final do dia ambas estão nessa forca
Moça dos meus olhos
Hoje eu quis te eternizar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: