Aquela música, aquele cheiro, aquele olhar.

Não ouço mais a música tocar
Aquela sabe? Que nos fazia dançar juntinhos
Que você falava que era a minha cara
E que um certo dia, você a tocou no violão debaixo da nossa árvore favorita
Ela não toca mais
Também não sinto mais seu cheiro
Aquele cheiro doce, que me fazia flutuar
Não me perco mais no seu olhar
Esses castanhos que me fazia estremecer
Seu sorriso torto que me levava até a lua
O calor do teu corpo que me dava vontade de fazer amor em qualquer lugar a qualquer hora
A música parou de tocar
Nós paramos de dançar
As folhas pararam de voar
A máquina de escrever deu pau
O computador queimou
O encanto se quebrou
E a realidade nos acordou
Adeus, cuidado ao atravessar a rua
Vá pela sombra, não fale com estranhos
Eu fico por aqui, preciso arrumar tudo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: