Não adianta gritar.

Estou naquele poço novamente.
Aquele velho poço fundo, frio e escuro.
Está me ouvindo?
Tem alguém aí em cima?
Estou com aquele velho medo.
O escuro voltou a me assustar.
E não tem ninguém para me ajudar.
O silêncio já não trás mais aquela calmaria de antes.
Já não trás mais nada.
Alguém está ouvindo?
Socorro!!!
Não adianta gritar.
Sou invisível pro mundo.
Não adianta gritar.
Sinto que estou morrendo aos poucos.
Já não respiro como antes.
Já não sou aquela menina forte que todo mundo admirava.
Já não sou mais nada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: