Bailarina sob a lua.

Não sei que dia é hoje e nem que horas são, só sei que está escuro e estou caminhando sem direção.
Sinto uma dor, uma dor física e mental, não sei o que é, mas dói muito.
Minha única companhia é a lua, ah, bela lua.
Por que está tão longe? Por que?
Não consigo mais dançar, meus pés perderam o controle.
Não consigo mais pensar, minha mente morreu.
Não consigo respirar, esqueci.
Lua, ah minha bela e linda lua, me salve.
Não me deixe morrer aqui, sozinha.
Fique mais um pouco, não vá embora.
Essa dor, essa dor está forte.
Não consigo me mexer.
Lua! Lua! Será que você me ouve?
Mande um sinal, venha me ajudar.
Tira isso de mim, me salva, me salva.
– Já era dia e não se via mais a bailarina e nem a lua, onde elas foram? Não sei, ninguém sabe. –

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: