Vamos falar de solidão.

Não sei o que acontece comigo.
Um dia alegria, no outro, tristeza.
Um dia choro e no outro dou risada até a barriga doer.
Cansei de esperar por esse alguém.
Agora vou cuidar de mim e apenas de mim.
O amor é algo que nunca vou entender.
As pessoas são algo que nunca vou entender.
Tudo está confuso.
Sinto vontade de gritar, mas onde estou…
É proibido.
Meu grito fica preso no meu travesseiro.
Meu travesseiro está cansado das minhas lágrimas, de mim.
Estou cansada de mim.
Preciso de férias, de mim, de você, de tudo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: