Merda de sensibilidade.

Ser sensível acaba comigo, é desgastante
Queria ser igual a ela e mandar o mundo se ferrar
Não consigo, tão inútil
Sou assim, mas não quero ser assim.
Me muda, quero mudar, faz com que eu mude
Que confusão
Toda noite é essa agonia, essa vontade de gritar
Vontade de socar tudo e todos, vontade de sair correndo
Eu deveria estar feliz, mas como uma amiga me disse:
“Não tem jeito, você é assim, triste.”
Ela tem razão, merda de sensibilidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: